Escolher um destino de viagem: ilustração

7 Passos para Escolher um Destino de Viagem

Muita gente nos pergunta: “Eu queria viajar nessas férias pra onde vocês acho que é um destino legal?”

E o que é legal pra mim, pode ser que não seja legal pra você, ou tão bom para a sua família. Então hoje a gente vai conversar sobre os 7 passos para escolher um destino de viagem super bacana para sua família.

O conteúdo desse artigo pode ser acessado de 3 maneiras:

  • em vídeo, para as pessoas que são mais visuais;
  • em áudio, para quem sempre está correndo e quer fazer mais coisas ao mesmo tempo;
  • em texto, para quem não abre mão dos prazeres da leitura!

Escolha o que mais lhe agrada e boa viagem!


ASSISTA AQUI: 7 Passos para escolher um destino de viagem 👇🏻


OUÇA AQUI: 7 Passos para escolher um destino de viagem 👇🏻 

 


1º PASSO: QUANTO É O MEU ORÇAMENTO?


O primeiro passo, e o mais importante pra você escolher um destino de viagem bacana, é ter um orçamento. Você sabe ao certo quanto dinheiro você vai poder gastar nessa viagem?

Segundo pesquisas, 65% do valor de uma viagem vai na passagem. Assim, a passagem aérea é uma das coisas mais caras, onde se gasta muito dinheiro.

Em segundo lugar vem a acomodação. Você vai ficar em um hotel, resort, Airbnb, pousada, albergue… enfim como será a sua hospedagem? Além disso, temos os custos extras, que seriam: aluguel de carro, passeios, alimentação, etc.

Por isso, você terá que fazer uma planilha de custos, pensando aonde o dinheiro que eu tenho poderá me levar.

Meu sonho era conhecer o Tahiti, principalmente Bora Bora, um dia se Deus quiser eu vou conseguir. Mas, por enquanto o meu orçamento só da pra ir para o Caribe, que é um destino parecido com o que eu sonho. Assim, eu tenho que adaptar o meu destino pensando no que eu tenho dentro do meu bolso.


2º PASSO: QUANTO TEMPO EU TENHO?


O segundo passo importante para você escolher um destino de viagem é levantar quanto tempo você vai ter de férias para viajar.

Será uma viagem curta, de um final de semana, ou um feriado um prolongado, 15 dias ou ainda um mês inteiro. Para cada um, é um tipo de viagem diferente.

Eu quero ir pra Austrália, mas sei que pra chegar lá já demora um dia e meio. Sem falar na adaptação ao fuso horário. Então eu já vou perder dois dias na ida e dois dias na volta.

Se eu tenho tempo curto, não vou pensar em um destino longe. Se eu menos de uma semana, vou pensar em um destino perto da onde eu moro, aqui no Brasil mesmo.


3º PASSO: EM QUAL ÉPOCA DO ANO POSSO VIAJAR? 


O terceiro passo, que influencia muito, é a época do ano em que você pode viajar.

Se você tem a sorte de poder escolher não viajar em alta temporada, terá custos mais baixos e também uma vantagem muito grande relacionada ao segundo passo, o tempo.

Quantas vezes você já foi viajar no feriado e ficou dobro de tempo na estrada ou o dobro de tempo no aeroporto. Naquela muvuca com todo mundo querendo ir, no Natal e no Réveillon, que são épocas que são super alta temporada.

Você perde tempo e dinheiro porque tudo custa mais caro na alta temporada.

Nós já tivemos uma experiência ruim no passado, então sempre procuramos saber quais os eventos que estão acontecendo no destino para onde queremos viajar.

Fomos para Barcelona e, naquela época, estava acontecendo uma feira náutica lá. Isso quer dizer: todos os hotéis estavam lotados, estava difícil de achar achar acomodação, e os preços estavam muito mais elevados. Tudo porque estava tendo um evento local na cidade.


4º PASSO: POR QUE EU QUERO VIAJAR?


Descubra o motivo da sua viagem, se pergunte: Por que que eu quero viajar?

Eu estou estressada, trabalhei muito esse ano, eu quero só relaxar. Então motivo da sua viagem é ficar tranquila e sossegada. Ou não…

Eu quero aventura, quero fazer 1000 passeios, ver natureza, sou uma pessoa agitada e não consigo ficar deitada no sol por muito tempo. Então seu é motivo é Ecoturismo.

Eu quero conhecer museus, obras de arte, quero aprender novas línguas, novas culturas. Aí o seu objetivo é cultural. Ou ainda…

Eu quero frequentar vários restaurantes, tomar vinho, experimentar pratos diferentes, conhecer a comida local. Aí, sua viagem tem objetivo gastronômico.

Você pode fazer um mix disso tudo, mas tenha um motivo principalpor que que eu estou fazendo essa viagem?


5º PASSO: QUAL A IDADE DAS CRIANÇAS?


O quinto passo pra escolher um destino de viagem para vocês é a idade das crianças. Existem bebês, crianças de 2 a 5 anos, crianças de 5 a 10 ou 11 anos, e ainda a fase dos adolescentes. Os tipos de viagens que essas faixas etárias demandam são completamente diferentes.

Você vai ter que escolher um destino que atenda as necessidades de cada faixa etária dos seus filhos.

Nada impede que você leve o seu bebê numa viagem mais exótica, ou que você leve filhos adolescentes em uma viagem mais infantil. É legal você, inclusive, perguntar a opinião deles sobre quais destinos eles gostariam de conhecer também. Opinião deles vale muito!

Nós estamos pensando em ir para Machu Picchu, mas estamos esperando os nossos filhos crescerem um pouquinho mais. Eu sei que tem muita gente que já levou bebês para Machu Picchu. Mas, na minha opinião, eles vão aproveitar mas se puderem caminhar e entender melhor a cultura do povo. Nós, os adultos, também vamos aproveitar mais a viagem assim.

O ideal é sempre buscar um destino que vai se adequar a faixa etária que os nossos filhos estão naquele momento.

A gente também pensa muito nos deslocamentos. Por exemplo: se teremos um voo longo, tentamos quebrar esta passagem, fazer um stopover em algum lugar no meio do caminho. Ou se você está indo de carro, o ideal é fazer mais paradas, para que a viagem se torne o mais prazerosa possível e ninguém fique estressado já no trajeto.


6º PASSO: QUAL A INFRAESTRUTURA DO DESTINO?


O sexto passo é pensar na infraestrutura! Quais estabelecimentos que você vai encontrar no destino que você está programando visitar?

Por exemplo: hospitais. Tem hospitais com acesso fácil? Tem farmácias? E centros de atendimentos próximo ao seu hotel?

Você ficará em alguma ilha, isolado e não vai ter nem comunicação direito? Como é que a internet neste lugar que você vai? Tem internet e acesso Wi-Fi fácil? Ou será que você vai ter que levar um chip? Como será a comunicação se você tiver alguma emergência?

A gente se preocupa muito com a segurança. Como é a segurança nesse país? Ele tem muitos problemas de roubos? E a polícia está sempre nas ruas?

E a comida o que servem lá? É uma comida internacional ou só terá comida que os meus filhos não vão gostar? Será que eu vou ter que preparar alguma comidinha para eles? Os seus filhos são super adaptáveis e comem sempre em lugares diferentes?

Você que é mãe, sabe os hábitos alimentares dos seus filhos. E então é bom já ir pesquisando o que é que você vai encontrar lá e o que você vai precisar levar de casa.

Essa é a infraestrutura que você precisa levantar antes de definir qual será seu destino.


7º PASSO: APROVEITAR OPORTUNIDADES


O último passo nessa busca, para escolher um destino de viagem ideal para a sua família é: aproveitar oportunidades. Sempre surge uma promoção de passagem, uma promoção de hospedagem ou um pacote bacana que está com preço bom. Então, porque não você adaptar a suas necessidades à aquela promoção?

Como conversamos lá no primeiro passo, o que mais pesa no orçamento de uma viagem é uma passagem. Se você achar uma promoção de passagem, já está com meio caminho andado. Se você tiver milhas ou pontos pra diminuir esse custo ou quase zerar o valor das passagens, melhor ainda!

Isso graças, à Deus, acontece muito aqui, pois nós temos um “milhanário” em casa. O André economiza muito nas nossas viagens com milhas. Inclusive vou deixar aqui o link pra você aprender mais sobre milhas👇🏻

Viagem com Milhas e Pontos

Temos que pensar se, na época da passagem de promoção de passagem, os hotéis estão com preço bom, as atrações disponíveis, estão abertas?  Às vezes é difícil, porque as promoções são muito rápidas, aparecem de uma hora pra outra e você tem que definir logo para aproveitar.

É importante colocar na balança se só o custo da passagem está valendo a pena ou se todo resto também está influindo para que você decida e acabe comprando essa oportunidade de viagem que estão te oferecendo naquele momento.


E para finalizar, é muito importante planejar!


Quando a gente planeja, fazemos o nosso dinheiro nos levar por mais tempo para lugares mais distantes.

É bacana ter uma listinha de lugares que você tem vontade de conhecer e que a sua família quer um dia visitar, o que os americanos chamam de Bucket List, a sua lista de viagens dos sonhos.

Escolha 10 destinos, converse com seus filhos, com seu parceiro. Assim, quando aparecerem essas oportunidades ou quando você tiver sem ideias, você pode recorrer à essa lista. Já vá priorizando, coloque na primeira posição o lugar que você gostaria de conhecer antes.

Ter esse planejamento faz com que na hora em que chegarem as férias, você não perca as oportunidades porque não encontrou um bom hotel, ou porque estava muito caro, ou ainda porque não deu tempo de organizar nada.

Ficar em casa para descansar é ótimo. Às vezes, a gente também quer ficar uma semaninha sem fazer nada. Mas isso deve ser uma opção.

Agora, quando você passa as férias em casa por que não deu para planejar, não deu pra pagar, não deu pra correr atrás, aí sim é triste e todo mundo fica deprê.


😍Se você gostou o conteúdo desse post, COMPARTILHE com seus amigos e familiares que amam viajar como nós!

🤔Se você tiver alguma dúvida, ESCREVA aqui embaixo na caixa de comentários, ficaremos felizes em ajudar ;)

🤗Para AJUDAR o Ases a Bordo a continuar fazendo conteúdo de qualidade, planeje suas viagens através dos links das empresas parceiras logo aqui embaixo. Você não paga nada a mais por isso, e nós recebemos uma comissão que nos ajuda a manter o canal e o blog.

😘Obrigado!


planeje

Conhecer o mundo com as crianças é delicioso! Comece agora a planejar a SUA viagem.

Reserve aqui o seu hotel e garanta melhores preços com antecedência.

Escolha aqui seu carro e pague em reais dividido em até 12x.

Compre seu chip de celular para não depender de redes de wi-fi.


Saiba mais sobre Ases a Bordo – Viagem com Crianças se inscrevendo no nosso canal do YouTube para não perder episódios novos e seguindo nossas mídias sociais!

website    youtube-symbol    facebook-logo    instagram-social-network-logo-of-photo-camera    twitter-social-logotype


Você também vai gostar de ver

10 Dicas de viagem com crianças que só uma mãe pode dar!

Como montar sua farmacinha com remédios para viagem?

About Ases a Bordo

A paixão por viajar e as iniciais do nome são duas coisas que o casal de publicitários Ana e André têm em comum com os filhos Alex, 7 anos, e Alice, 3. Através de imagens, você "viaja" com essa família linda que compartilha suas aventuras de uma maneira divertida e inesperada. Ases a Bordo é um vlog com episódios em vídeos de 5 minutos, que vão ao ar semanalmente no Youtube. A websérie tem o objetivo de incentivar pais a curtirem mais as viagens com seus filhos.